Home Category Table Cortando o mal pela fé
Cortando o mal pela fé PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Maristela Coimbra   
Quinta, 29 Janeiro 2009 13:44

Fui convidado por DEUS a vir morar em Santo Expedito, é uma estória que merece ser contada!{gallery}corte{/gallery}

Morava em uma cidade, também de nome sugestivo, Chapadão do Céu, em Goiás. Vivia com minha mulher (Joice) e meus dois filhos (Janaína e Ricardo) e tinha o restante da família por perto. Era dono do meu próprio salão, sou cabeleireiro, e tinha uma clientela farta e o que eu ganhava era sempre suficiente para proporcionar a mim e a minha família uma estabilidade confortável.

Durante 11 anos, dos doze de profissão, fui premiado com o prêmio Destaque em minha cidade.

Tinha uma vida "normal", mas para mim não era suficiente. Vivia angustiado, vazio e sem perspectiva de vida. Sentia-me fraco, só tinha tempo para o trabalho, era escravo dele e nunca tinha tempo pra DEUS.

Uma manhã, minha irmã vendo o estado de depressão que tomava conta da minha vida, me presenteou com um santinho de Santo Expedito. Ela salvou minha vida!

Fui até meu quarto e de joelhos, rezei a oração com toda fé que ainda restava dentro de mim. Poucos minutos depois meus pensamentos eram agraciados com uma luz que tomava conta do meu corpo por inteiro.

Resolvi pedir pelo telefone que havia no santinho, 1 milheiro para distribuir, e senti uma necessidade de pedir o de Nossa Senhora também, mesmo sem entender o porque.

Com o passar dos dias ia melhorando, mas não estava satisfeito. O santinho de Santo Expedito trazia em baixo o nome da cidade, e imediatamente me encantei. Igrejas de Santo Expedito existem várias pelo país, mas cidade é apenas uma.

Decidi fazer uma promessa. Mudaria para cá com minha família, mesmo sem conhecer ninguém, e viveria aqui por três anos, se Santo Expedito intercedfesse por mim junto a DEUS para me devolver minha paz de espírito.

Minha mulher, sempre muito companheira, não questionou e aceitou minha decisão, mesmo que um pouco assustada.

Assim fiz. Deixei minha vida, aparentemente "normal" e aqui estou desde 15 de agosto de 2007.

Quando cheguei fui à igreja junto com minha família rezar um terço, e ao chegar, mais uma surpresa. Vi Santo Expedito ao lado de Nossa Senhora no altar, e tive a certeza de que aqui era o meu lugar. Por isso toda vez que pensava em Santo Expedito me vinha à imagem de Nossa Senhora também. Estava no lugar escolhido.

Passei por algumas adversidades, mas nada me tirou o foco. DEUS preparou tudo direitinho. Consegui uma casa, que segundo moradores é muito difícil. Logo consegui uma melhor e com um salão na frente. Aos poucos os clientes foram aparecendo.

Um dia recebi o convite da administração, para participar da Manhã da Cidadania, em comemoração aos 50 anos do município.

Vi no convite uma oportunidade de mostrar meu trabalho e de contribuir para o sucesso de evento. Naquele dia conquistei aproximadamente 15 clientes e que já me trouxeram outros e que não vão deixar de freqüentar meu salão.

Trabalho até as 13h no salão e na parte da tarde em uma Usina, o que está me fazendo um bem enorme.

A cidade apesar de pequena e de ter uma arrecadação baixa, tem uma estrutura alinhada. Aqui as ruas estão sempre limpas, o  Posto de Saúde tem médico todos os dias e não falta remédio e somos também beneficiários do Programa Viva Leite. Meu filho vai passar por uma cirurgia, os encaminhamentos foram todos feitos por aqui, e o dia já está marcado. É tudo muito organizado.

Hoje meu coração não pede para voltar, hoje sou de Santo Expedito. Freqüento as missas, faço parte do grupo de amarelinhos, tenho minha própria camiseta, sou voluntário de coração.

Aprendi a admirar o Padre João, ele é uma pessoa muito verdadeira que às vezes as pessoas demoram a entender o seu jeito, mas o tempo se encarrega de mostrar sua capacidade de enxergar adiante e o melhor com os pés bem presos ao chão.

Santo Expedito tem um grande futuro pela frente, o que as pessoas precisam ter é paciência. Tudo acontece de maneira gradativa e precisa de um tempo para se concretizar.

Minha família está satisfeita. Hoje temos qualidade de vida, o que para nós é o essencial, e sei que o que eu passei, foi preciso. Hoje tenho a certeza de que não importa o lugar que eu for, DEUS sempre estará comigo e não me deixará passar necessidades. E sempre que necessário usará um de seus mensageiros para mostrar o caminho, assim como fez com Santo Expedito e com outras pessoas que encontrei aqui. Já tenho grandes amigos.

Hoje sou feliz!

Chamo-me José Roberto Rodrigues, tenho 39 anos, e já me considero um cidadão expeditense de coração.

Quem quiser ouvir essa estória contada com um brilho todo especial nos olhos, ou simplesmente cortar o cabelo, é só procurar por Roberto na Rua Santos Dumont, 764.

 

Actualizado em Quinta, 05 Fevereiro 2009 14:30
 
Copyright © 2018 santoexpedito.com - O site do Santo Expedito!. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um Software Livre sob licença GNU/GPL.
 

AGENDA

 NOVENA DAS ROSAS DE SANTA TEREZINHA

Todo mês, Pe. Umberto da Paróquia de Santo Expedito realiza a Novena das Rosas de Santa Terezinha, às 19:30 h., dando início no dia 9, com missa de encerramento no dia 17, e entrega das Rosas. Participe, mais informações pelo telefone.
(18) 3267-7188

 MOMENTO DO DEVOTO

De terça feira à domingo às 10:00 h. da manhã,  Pe. Umberto tem o momento com o devoto, com Bençãos individuais e de objetos religiosos para os Romeiros.

HORÁRIO DAS MISSAS PARÓQUIA DA CIDADE DE SANTO EXPEDITO

TERÇA A SEXTA-FEIRA
19:30 h.
SÁBADOS
20:00 h.
DOMINGOS 
10:00 h.
Mais informações pelo telefone (18) 3267-7188